quarta-feira, 20 de agosto de 2008

AMBOS TRICOLORES

Do meu livro Pasto do Bode extraio masis esta materia:
Parece que a tendência de colocar na presidênia de um clube esportivo alguém intimamente ligado à política, não é coisa de hoje. Por ser influente, ter trânsito nos grandes escalões e sonseguir verbas espcíficas para o clube, era dado ao candidato uma maior preferêndia na no momento da escolha. E foi assim que o Paula Ramos teve na sua presidência o Dr.Lerner Rodrigues que, por sinal, não era muito chegado ao chamado esporte das multidões. O Dr.Lerner que muita gente conheceu, commparecia ao estádio Adolfo Konder cercado de diretores e correligionários e muitos policos daquela época. Era um homem exgremamente simpático, que atendia bem a todos nós da imprensa e que fazia de tudo para que o grêmio da estrela solitária conseguisse ser sempre vitorioso. Certa feita, o Paula Ramos jogou com o Clube Atletico Catarinense. Ambos tricolores. O time do Dr.Lerner era vermelho, preto e branco e o Atlético, hoje extinto, tinha as cores verde, bordô e branco. Todas as vezes em que o Aletico atacava, o presidente, junto à cerquinha (não havia alambrado), torcia como nunca - "- Vamos lá, vamos marcar nossos goals ! - gritava o Dr.Lerner, presidente do Paula Ramos. Torcia tanto que em dado momento um dos seus auxiliares viu-se na contingência de tocar no ombro do Dr.Lerner e dizer: " - PRESIDENTE,O SEU TIME É O OUTRO !!

3 comentários:

Rafael Luz Bustamante disse...

quero o livro pasto do bode!!!!. Quem sabe recordarei das histórias que meu avô contava!!!

eucherio disse...

Muito legal. Sou filho dele. Quando ele se foi tinha 5 anos. Nao sabia que ele nao era chegado em futebol. Lembro-me nitidamente de ele me levar ao jogo do Fluminense.
Por ironia do destino, tambem nao acompanho o esporte, possivelmente porque ele nos deixou muito precocemente.

Obrigado pelos carinhosos elogios a meu pai.

Eucherio Lerner Rodrigues

Ana Leia Salomao e Ribeiro disse...

Emoção, sou sobrinha do Tio Zeca Rodrigues, filha da irmã caçula deste grande homem, que quando vivo, deu a todos muitas alegrias.Moramos em Minas, mas sou tricolor de coração. Amanhã, mamãe Jacinta, que já é idosa, vai passar por muitas enoções. Valeu ter achado este espaço.
Ana lEIa Salomao e Ribeiro,26-10-2009